Diploma Digital: agilidade e segurança para alunos do Ensino Superior

- 15/01/2021

O Diploma Digital é considerado um marco na transformação digital para alunos de Instituições de Ensino Superior (IES).

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) desenvolveu o serviço em conjunto com Laboratório de Aplicações de Vídeo Digital (Lavid) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). No dia 16/12/2020, o Ministério da Educação (MEC) lançou o serviço de emissão e preservação do Diploma Digital para todas as instituições de ensino do Sistema Federal de Educação, e tem como meta atender todas essas instituições, participantes do Sistema RNP, até o final deste ano.

Entenda:

O que é o Diploma Digital?

O Diploma Digital é uma nova solução tecnológica que permite a emissão e autenticação dos diplomas acadêmicos em formato digital. Desta forma, além de desburocratizar o processo de geração do diploma, a tecnologia proporciona mais agilidade e segurança aos alunos e Instituições de Ensino Superior.

Benefícios do Diploma Digital

Além de permitir a agilidade e transparência no processo de emissão do diploma, o Diploma Digital também é uma solução mais sustentável, resultando em mais economia e fácil acesso. O custo com a emissão e verificação de um diploma digital tende a ser menor do que o custo do diploma tradicional, impresso.

Um estudo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) de 2019 estimou o custo do Diploma Digital em R$ 85,15, em comparação ao custo do diploma impresso, de R$ 390,26, o que pode permitir fazer a projeção de uma economia anual de R$ 48 milhões para o Ministério da Educação (MEC).

Mas não é apenas a economia gerada aos cofres públicos que faz desta solução uma revolução positiva aos usuários. Com a desburocratização do material, o Diploma Digital pode ser entregue aos alunos em até 15 dias, o que antes levava em torno de 80.

O acesso ao Diploma Digital passa a ser on-line diretamente no site da Instituição de Ensino que o emitiu, sem a necessidade da assinatura do aluno. Assim, fica também estipulado às instituições a responsabilidade de gerar o certificado digital e o carimbo de tempo, que validam o documento por tempo indeterminado.

Combate às fraudes

A redução do tempo de validação de um diploma pela instituição emissora é feita em poucos segundos, permite uma validação ampla e acessível a qualquer dia e hora, o que é uma importante contribuição para combater as fraudes.

Segurança

O Diploma Digital tem assinatura eletrônica com certificados digitais da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), mantido pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI, vinculada à Casa Civil da Presidência da República. O uso do carimbo do tempo comprova a data e hora em que o documento foi emitido, e a assinatura digital pela instituição emissora e pela instituição registradora garantem a legitimidade da emissão do diploma.

Tecnologia blockchain

Outro grande ponto a ser comentado a respeito do Diploma Digital é a tecnologia para garantir e proporcionar segurança às informações com a blockchain. Desta forma, a tecnologia é utilizada como um sistema que rastreia o envio e o recebimento das informações, permitindo que códigos sejam gerados de forma on-line e disponibilizem informações em correntes.

A rede é responsável por diversas camadas de segurança, onde qualquer tentativa de invasão é bloqueada, sendo assim, extremamente difícil obter êxitos na interceptação do conteúdo ou na sua falsificação.

Como verificar a autenticidade do Diploma Digital

Com o anúncio da nova solução eletrônica, a RNP e o MEC desenvolvem o Portal de Validação Nacional para que os diplomas digitais emitidos pelas IES integradas à solução possam ser consultados e verificados. Com isso, o objetivo é disponibilizar tal acesso ainda no primeiro semestre de 2021, para que em 2022 todas as instituições e alunos consigam utilizar o novo formato.

Como as Instituições de Ensino Superior podem se adequar

A RNP prevê que o processo de adoção ao sistema seja implementado nas 69 universidades federais e nos 41 institutos federais de ensino até o final de 2021. Posteriormente, há o planejamento para que as instituições privadas também possam aderir ao serviço .

Quer saber mais sobre o Diploma Digital? Fale conosco!

;