Seções
Texto

Nossa história


Pioneirismo no Brasil

Ajudamos a trazer a internet para o país para atender aos anseios da comunidade acadêmica. Hoje, continuamos a contribuir para a evolução da internet no Brasil e no mundo.

Linha do tempo

Texto

1989

Texto

Surge a RNP

A RNP foi criada em setembro de 1989 pelo então Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Seu objetivo era construir uma infraestrutura nacional de rede de internet de âmbito acadêmico. A Rede Nacional de Pesquisa, como era chamada em seu início, tinha também a função de disseminar o uso de redes no país.

Texto

1992

Texto

Internet chega ao Brasil

Implantação da primeira rede de internet no país, que alcançou dez estados e o Distrito Federal.

Concientização acadêmica

RNP dedica-se a divulgar os serviços de internet à comunidade acadêmica, por meio de seminários, montagem de repositórios temáticos e treinamentos, estimulando a formação de uma consciência acerca de sua importância estratégica para o país e se tornando referência em aplicações de tecnologia internet.

Texto

1995

Texto

Apoio de grandes empresas

Inúmeras empresas fabricantes de bens de informática, tais como Compaq, Equitel, IBM, Philips, entre outras, passam a oferecer apoio concreto à RNP, fornecendo equipamentos, software e, mesmo, financiando atividades diretas do projeto.

Segurança

Criação do primeiro centro de segurança de redes brasileiro.

Primeiras regulamentações

Em apoio à consolidação da internet comercial no país, foi criado o Centro de Informações da Internet/BR, para dar suporte ao surgimento de provedores e usuários da rede. Mais de 3.000 questões relativas à internet foram respondidas em seu primeiro ano de funcionamento.

Abertura comercial

Início da abertura da internet comercial no Brasil. Nesse período, a RNP passou por uma redefinição de seu papel, estendendo seus serviços de acesso a todos os setores da sociedade.

Texto

1997

Texto

Surge o CAIS

Criação do CAIS, para tratar os incidentes de segurança na rede acadêmica.

Saiba mais

Texto

1999

Texto

Apoio aumenta

É criada a Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (AsRNP), para desenvolver e executar o programa, sob orientação de um Comitê Gestor (CG-RNP) formado por representantes do MEC e do MCT.

Surge o Programa Interministerial RNP

Ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Educação (MEC) assinam convênio para levar a rede acadêmica a um novo patamar. Nasce o Programa Interministerial de Implantação e Manutenção da Rede Nacional para Ensino e Pesquisa (PI-MEC/MCT), hoje chamado de Programa Interministerial RNP (PI-RNP).

Texto

2000

Texto

Inauguração oficial

A rede de internet da RNP, chamada Backbone RNP2, é oficialmente inaugurada, com capacidade de 200 Mb/s e mais de 11 mil grupos de pesquisa beneficiados.

Texto

2002

Texto

Organização social
Associação RNP é qualificada pelo governo federal como uma Organização Social.

Fomento para pesquisa e ensino
Organização Social Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP/OS) firma contrato de gestão com o MCT, para o fomento das atividades de pesquisas tecnológicas em redes de desenvolvimento e à operação de meios e serviços de redes avançadas que beneficiem a pesquisa e o ensino nacionais.

Texto

2005

Texto

Nova RNP
Foi chamada de Nova RNP a iniciativa de melhorar a infraestrutura de redes em níveis nacional, metropolitano e local, ou seja, no campus; atender, com aplicações e serviços inovadores, as demandas de comunidades específicas, como telemedicina, biodiversidade, astronomia etc.; e promover a capacitação de recursos humanos em TIC.

Surge a Rede Ipê
Ano de lançamento da rede Ipê, com enlaces ópticos e tecnologia de comprimentos de onda, operando a múltiplos gigabits por segundo.
Saiba mais sobre a Rede Ipê

Surge a Redecomep
RNP começa a construção de suas próprias redes metropolitanas em fibra óptica, para prover acesso entre cada Ponto de Presença (PoP) e os campi das organizações usuárias na mesma cidade, por meio do Programa Redes Comunitárias de Ensino e Pesquisa (Redecomep).

Saiba mais sobre a Redecomep

Texto

2006

Texto

Criação da RUTE
Com o objetivo de implantar uma infraestrutura de interconexão nos hospitais universitários (HUs) e unidades de ensino de saúde no Brasil, é criada a Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), a partir de uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), apoiada pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e pela Associação Brasileira de Hospitais Universitários (Abrahue). A RNP fica responsável pela coordenação desta rede de colaboração da comunidade da Saúde.

Texto

2010

Texto

1º grande salto da Rede Ipê
Início da sexta geração da rede Ipê, com capacidade ampliada em 280%, o que a elevou ao patamar das mais avançadas redes acadêmicas do mundo. O salto foi viabilizado pelo acordo de cooperação com a empresa de telecomunicações Oi e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Texto

2011

Texto

2º grande salto da Rede Ipê
Rede Ipê passa por um grande salto qualitativo, atingindo a capacidade de 213,2 Gb/s, um aumento de 244%.

Texto

2014

Texto

Ampliação da Redecomep
Programa Redecomep amplia sua atuação em quase 40 cidades do país.   

Texto

2016

Texto

Gigatização
Todos os Pontos de Presença (PoPs) da RNP passaram a ser atendidos na capacidade Gb/s. Com isso, celebramos a “gigatização” completa da nossa rede.

Texto

2017

Texto

25 anos
Celebramos 25 anos de nossa história, oferecendo infraestrutura de rede para ensino, pesquisa e inovação.

Texto

2018

Texto

100 Gb/s
Nossa rede Ipê recebe primeiras conexões de alta velocidade, com 100 Gb/s.

Texto

2021

Texto

15 anos da RUTE
A Rede Universitária de Telemedicina (RUTE) completa 15 anos com 140 unidades espalhadas pelo Brasil e 50 Grupos de Interesse Especial (do inglês, SIGs) em atividade. A trajetória é coroada com a criação da RUTE- América Latina, a partir da expansão do modelo baseado na rede brasileira para os outros países latino-americanos.   

;