RNP e CIEB firmam acordo de cooperação para soluções de conectividade e tecnologias na educação

- 14/01/2021

A RNP e o Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB) estabeleceram um acordo de cooperação para viabilizar a execução e a gestão conjunta de um projeto-piloto de implantação de soluções de conectividade de alta velocidade e de uso de tecnologias digitais em cerca de 500 escolas públicas, urbanas, estaduais e municipais na região Nordeste. A parceria também prevê a troca de informações e conhecimentos técnicos entre as duas organizações. 

O projeto-piloto integra as ações dos Programas de Inovação Educação Conectada (PIEC), do Ministério da Educação, e Nordeste Conectado, do Ministério das Comunicações. O projeto-piloto está sendo implantado em seis redes municipais, integrantes de quatro redes estaduais de ensino básico, e se estenderá pelos próximos dois anos. As cidades e estados envolvidos são: Caicó (RN), Juazeiro (BA), Campina Grande (PB), Mossoró (RN), Caruaru (PE), Petrolina (PE), Bahia, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. 

Entre as primeiras ações já previstas estão o desenvolvimento de projetos e estudos conjuntos, bem como disponibilização de conteúdos, metodologias e ferramentas que possam apoiar as redes públicas no uso pedagógico das tecnologias em quatro frentes: visão, formação, recursos educacionais digitais e infraestrutura. Essas quatro dimensões compõem o conceito de Escola Conectada, do CIEB, e embasam a PIEC - Programa de Inovação Educação Conectada.  Também já foi estabelecido um calendário de cinco webinários para os gestores e gestoras das redes públicas participantes. Os encontros online abordarão as metodologias e ferramentas desenvolvidas pelo CIEB. 

Produção de conhecimentos valiosos

"Esse acordo de cooperação técnica com a RNP vai gerar conhecimentos, metodologias, parâmetros e dados de grande relevância, pois eles poderão embasar a construção e/ou o aprimoramento de políticas públicas nacionais de inovação educacional, conectividade e uso de tecnologias digitais nas escolas. Como uma organização que se propõe a promover uma transformação sistêmica da educação pública brasileira, entendemos que há uma grande afinidade entre o projeto e a nossa causa", declara Gabiela Gambi, gerente-executiva do CIEB. 

Eduardo Cezar Grizendi, diretor de Engenharia e Operações da RNP, também destaca a relevância do projeto e suas implicações para a educação pública, e acrescenta que ele também propiciará a capacitação de recursos humanos especializados para uso destas tecnologias, contribuindo para uma mudança de cultura importante já em curso de gestores e gestoras públicas de educação, na rede pública. 

Ambos ainda destacam o papel do projeto-piloto em prover às redes condições para viabilizar um ensino híbrido de qualidade em 2021, abordagem que será necessária tanto para atender aos protocolos de biossegurança como para apoiar estudantes e docentes na retomada dos projetos pedagógicos, considerando eventuais necessidades de recuperação e revisão de conhecimentos e habilidades. 

Fonte: CIEB, com informações da RNP.

 
 

;