Solidariedade à Pesquisa: troca, empréstimo ou doação de insumos para a pesquisa

- 06/07/2020

Solidariedade. Esse é o valor apontado como a chave para dar continuidade à produção científica no Brasil. Na prática, imagine um ambiente inovador em que pesquisadores estivessem conectados e pudessem colaborar entre si, trocando, emprestando, solicitando ou doando materiais, equipamentos e insumos para suas pesquisas. Tudo em prol do avanço da ciência. Assim, mesmo se algum recurso estiver escasso, a produção de conhecimento não precisa parar! É exatamente essa a motivação da plataforma Solidariedade à Pesquisa, serviço criado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

A plataforma foi lançada no ano passado e é fruto de um trabalho construído desde 2017 entre as instituições. A novidade é que agora o site está “de cara” nova e pronto para receber membros da comunidade acadêmico-científica de instituições de ensino superior brasileiras – públicas ou privadas – que queiram colaborar. Segundo o último levantamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), são cerca de 200.000 pesquisadores no Brasil, número que cresceu 251% entre 2002 e 2016.

Saiba mais sobre:

Como a plataforma funciona?

Os interessados podem acessar à solução pelo endereço https://solidariedade.unicamp.br. A página do aplicativo funciona como um mural eletrônico, no qual os membros podem publicar uma solicitação ou oferta de insumos e materiais e também visualizar outros anúncios em que vejam uma oportunidade de colaborar.

Solidariedade à Pesquisa

 

Os cadastros são organizados por área do conhecimento: biológicas, humanas, exatas e tecnológicas. Outras categorias podem ser criadas, basta a própria comunidade de pesquisadores apresentar interesse em outras áreas. O que garante a interdisciplinaridade entre as instituições de ensino superior do Brasil.

Como fazer parte dessa comunidade?

Alunos e professores das instituições de ensino superior, credenciadas na Comunidade Acadêmica Federada (CAFe), podem participar do Solidariedade à Pesquisa. Basta acessarem o site e entrarem com as credenciais já utilizadas na instituição a qual estejam vinculados. 

Solidariedade à Pesquisa

Viu? É simples! Em poucos passos, a plataforma consegue aproximar produtores de conhecimento, ampliar as redes de contatos entre pesquisadores e fortalecer o desenvolvimento do ensino e pesquisa no país. Contribua, colabore, faça parte!

© 2019 - RNP Todos os direitos reservados.   |  Conheça nossa Política de Privacidade