NutriSSAN inaugura três novas unidades: Unila, UFG e UFGRS

 A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), juntamente com a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) inauguraram, na tarde do dia 4/6, suas unidades da Plataforma de Ensino, Pesquisa e Extensão em Nutrição, Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (NutriSSAN). A iniciativa é uma parceria entre o Ministério e Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a RNP e promove a integração entre profissionais da área de nutrição e segurança alimentar por meio de Grupos de Interesses Especiais (SIGs).

Participaram do evento de inauguração o coordenador nacional da NutriSSAN, Luiz Ary Messina, o diretor de Programas de Desenvolvimento Científico/Secretaria de Formação e Ações Estratégicas do MCTIC, Dr. Fábio Larotonda, a vice-reitora da UFG, Sandramara Matias Chaves, o diretor da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS, Carlos Horn e a coordenadora de Interações e Transferência de Tecnologia da SEDETC (UFRGS), Ana Paula Matei, além de participantes internacionais da Itália, Colômbia e Chile.

 A princípio, a inauguração na Unila permitirá a formação de uma rede integrante da Rede Latino-americana em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional. No início do projeto, serão realizadas ações via Grupos de Interesse Especial (SIGs), com temas que vão desde alimentação, nutrição e cultura, até assuntos de políticas públicas.

 Na instituição goiana, a rede está vinculada à Faculdade de Ciências Sociais (FCS/UFG), onde está o Grupo de Estudos em Consumo, Cultura e Alimentação (GECCA). Segundo Janine Collaço, coordenadora do grupo, ‘‘a ferramenta é inovadora ao permitir encontros online entre diferentes grupos que poderão discutir diversos assuntos. Vamos aproveitar os SIG’s para construir parcerias que irão proporcionar resultados para a sociedade de modo geral’’, afirma.

  Já Gabriela Coelho, coordenadora do programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da UFRGS, acredita que a inauguração do ASSAN Círculo como uma unidade NutriSSAN consolidará a rede de pesquisadores, extensionistas e docentes em SAN. ‘‘Em parceria com o CeLASSAN/Unila, INEAF/UFPA, Embrapa Recursos Genéticos Vegetais, Embrapa Clima Temperado e UERGS desenvolvemos uma agenda entre as instituições aberta à comunidade científica e demais interessados em Agroecologia, Sociobiodiversidade, Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional’’, pontua Gabriela.

  O SIG ASSAN abrirá um canal de construção do conhecimento em SSAN, compartilhamento de experiências, processos de formação promovidos pelos pesquisadores das instituições abrigadas no ASSAN Círculo, permitido as mais diversas conexões para a construção do campo da SAN na América Latina. Entre os avanços esperados, está a internacionalização das instituições abrigadas pelo ASSAN Círculo, consolidando a internacionalização do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.