Comissão avaliadora seleciona projetos da 3ª Chamada Coordenada BR-UE

- 03/07/2015

Avaliadores brasileiros e europeus e representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da RNP participaram da semana de reuniões de consenso da 3ª Chamada Coordenada Brasil-União Europeia em Tecnologias da Informação e Comunicação, entre 22 e 25/6, no prédio do Conselho Europeu de Pesquisa (em inglês, ERC), em Bruxelas (foto 1). O objetivo foi selecionar, entre os 38 projetos válidos submetidos, os cinco que participarão da iniciativa: um em processamento de alto desempenho, outro em plataformas experimentais e três em computação em nuvem. A previsão é que os resultados oficiais sejam divulgados em agosto.

Cada um dos 38 projetos válidos submetidos nesses temas receberam quatro avaliações, duas de brasileiros e duas de europeus. Considerando o limite de seis avaliações por pessoa, o processo exigiu 26 participantes. Os quatro avaliadores de cada projeto foram mediados nessas reuniões por agentes do ERC ou do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologias Digitais para Informação e Comunicação (CTIC/RNP), a fim de chegarem a um consenso sobre as notas e comentários finais em três critérios: excelência, impacto e qualidade e eficiência da implementação. Após essa etapa, outros dois avaliadores verificaram se as notas e comentários foram coerentes. Por fim, todos se reuniram em um painel para deliberação do resultado.

“Embora a seleção de projetos de P&D seja uma prática já habitual da RNP, é uma enorme oportunidade participar de uma seleção junto à ERC, uma instituição de apenas oito anos que já atingiu o total de 5.000 projetos aportados, entre mais de 50.000 avaliados e um recurso total aplicado de 9 bilhões de euros. O profissionalismo com que levam a seleção nos inspira a aprimorar ainda mais nossos processos”, explicou o coordenador de Projetos do CTIC, Wanderson Paim.

O diretor da DGConnect, Mario Campolargo, e a diretora de Políticas e Programas Setoriais em Tecnologias da Informação e Comunicação do MCTI, Luanna Roncaratti, finalizaram o evento reforçando a importância do programa de cooperação. Eles agradeceram e elogiaram os avaliadores e o CTIC pela condução do processo, apresentando a lista dos trabalhos aprovado por tema.

A comitiva brasileira incluiu o analista Ciro Ferreira, representando a Secretaria de Política de Informática (Sepin/MCTI); o diretor do CTIC, Lisandro Granville, e o coordenador de Projetos, Wanderson Paim; Thaylise Bezerra e Augusto Albuquerque pela Delegação da União Europeia no Brasil, além de Luanna, Campolargo e 13 avaliadores especialistas.

Oportunidade de ampliar a cooperação do Brasil com a comunidade europeia

A cooperação entre Brasil e União Europeia teve destaque durante a IoT Week Lisbon, realizada de 16 a 18/6, no Centro de Congressos de Lisboa. O diretor científico da Comissão Europeia, Jorge Pereira, e o coordenador do Fórum Brasileiro de Internet das Coisas, Gabriel Marão, destacaram as parcerias em andamento, entre elas a 3ª Chamada Coordenada BR-UE, que está sendo gerenciada pelo CTIC. Na mesma oportunidade, foi anunciado o desenvolvimento da 4ª Chamada Coordenada BR-UE, que deve ter como tema principal a Internet das Coisas (em inglês, IoT).

Wanderson Paim e o tecnologista em C&T do MCTI, Marcos Vinícius Guimarães, estiveram no evento para esclarecimentos sobre a chamada em andamento e aproveitaram a oportunidade para realizar visitas a importantes centros de pesquisa e desenvolvimento da capital portuguesa. Uma delas aconteceu na Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) da Universidade Nova de Lisboa (foto 2). “A presença no evento e as visitas demonstram nosso interesse em ampliar a cooperação do Brasil com a comunidade europeia e fortalecer as relações na área de Tecnologias da Informação e Comunicação”, ressaltou Paim.

*O Fórum Brasileiro de IoT publicou uma matéria sobre o IoT Week Lisbon no site deles, que inclui download das apresentações do evento. Clique aqui para ler a reportagem.

Tags
;