RNP anuncia projetos selecionados em seu Programa de P&DI Serviços Avançados para 2023

Após o lançamento da chamada pública de P&DI Serviços Avançados de 2022, em julho deste ano, a RNP anuncia os quatro Grupos de Trabalho (GTs) selecionados para a primeira fase do Programa de P&DI Serviços Avançados que está focado na criação de novos produtos e serviços para o Sistema RNP.  

Foi convidada toda a comunidade de ensino e pesquisa para empreender com startups ou sem startups. Os GTs aprovados irão desenvolver ao longo de 12 meses, no período entre janeiro e dezembro de 2023, seus respectivos Mínimo Produto Viável (MVP): 

GT-OnE!: Olho no Enlace! (Universidade Federal do Espírito Santo)

Coordenação: Camilo A. R. Diaz (UFES)

Parcerias: PoP-ES, Startup Vixphy

O projeto tem o objetivo de propiciar a supervisão contínua de plantas ópticas customizadas para o nicho de redes de campus e metropolitanas, permitindo a identificação de comodities ópticos para extrair diversas informações de camada física da planta óptica, aproveitando-se de grandes quantidades de dados monitorados e de aprendizagem de máquina.

GT-CampusEdge: Computação na borda para campi universitários (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Coordenação: Rodrigo de Souza Couto (UFRJ)​

O projeto tem como objetivo criar uma plataforma para a orquestração de nós de computação na borda nas universidades. A solução fornecerá a IEs serviços de poder computacional com maior responsividade, escalabilidade, privacidade e disponibilidade, além dos benefícios de nuvens tradicionais. 

GT-SmartMed: Dados Médicos Distribuídos com Controle de Acesso baseado em Atributos através de Contratos Inteligentes (Universidade Federal Fluminense) 

Coordenação: Diogo Menezes Ferrazani Mattos (UFF)

Parcerias: Amsterdam University Medical Centers, Prefeitura Municipal de Niterói, Technology Innovation Institute (Dubai), LIP6 (França)

O projeto visa criar uma plataforma para gestão de acesso baseado em contratos inteligentes para organizações de saúde, baseado em blockchain (privada) para a recuperação dos documentos por médicos, farmacêuticos, enfermeiros e técnicos, além de outras partes envolvidas no setor da saúde. 

GT-MetaHealth: Proposta e avaliação de uma plataforma para ensino em saúde no metaverso (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) 

Coordenação: Luciana Porcher Nedel (UFRGS)

Parcerias: startup SimulaEnf, Hospital de Clínicas de Porto Alegre

O projeto visa o estabelecimento de um novo modelo de ensino através de uma plataforma que utiliza Realidade Virtual (RV), atualização e acompanhamento das habilidades dos profissionais de saúde e alunos em ambientes hospitalares utilizando, explorando o conceito de metaverso. 

;