MCom conectará escolas públicas de ensino fundamental e médio Brasil adentro

- 03/03/2022

Matéria atualizada em 15/3

O Ministério das Comunicações (MCom) está lançando um projeto piloto que pretende conectar escolas de ensino fundamental e médio da rede pública que não possuem acesso à internet ou que não contam com uma conexão satisfatória para o exercício de atividades educacionais dos estudantes. Os dados levantados no Censo Escolar de 2021, diagnóstico estatístico realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), lançam luz à necessidade de conectividade dessas instituições pelo país e, a partir dele, inicialmente, o projeto do MCom identificou 8 mil escolas aptas a fazerem parte da iniciativa.

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) é parceira do MCom neste projeto, ficará responsável por coordenar a execução técnica da iniciativa, e, no momento, está selecionando e contratando provedores de serviços de telecomunicações, para fazer dar início a instalação, ativação, operação e manutenção dessas conexões, por um período de 12 meses, inicialmente. Fornecedores interessados podem acessar o Termo de Referência da iniciativa aqui e se cadastrar até 31/3, após prorrogação.

Ao fim deste trabalho, a estimativa é que cerca de 800 mil estudantes sejam beneficiados. Dentre essas 8 mil instituições distribuídas entre 1.760 municípios em todo país, 5 mil estão localizadas em áreas rurais, enquanto outras 3 mil são urbanas. Essa iniciativa contribui para democratizar o acesso à educação, impulsionar a inclusão digital e diminuir as desigualdades no acesso a Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), nas áreas urbanas e rurais Brasil adentro. O projeto é um piloto para conexões terrestres dentro da iniciativa já existente Wi-Fi Brasil, também do MCom, que contempla atualmente conexões via satélite.

;