Pesquisadores apresentam resultados finais do projeto 5G-RANGE

Pesquisadores envolvidos na iniciativa 5G-Range, selecionado pela 4ª Chamada Coordenada Brasil-União Europeia, apresentaram os resultados finais do projeto para uma banca de revisores por videoconferência nos dias 14 e 15/12. Dentre os êxitos do projeto, estão o fornecimento de internet para uma escola na área rural de Santa Rita do Sapucaí (MG) e a utilização de drones para proporcionar acesso à internet em áreas remotas.

Durante a apresentação, foram demonstrados diferentes casos de uso envolvendo a utilização de drones para prover conectividade a usuários. Esses drones são conectados à rede 5G e monitorados por um sistema de monitoramento, ambos desenvolvidos pela equipe do projeto.

A banca foi composta por dois revisores europeus e dois revisores brasileiros, além dos coordenadores da Comissão Europeia e da RNP, Jorge Pereira e Lucas Bondan, respectivamente. “É muito gratificante poder ter acompanhado a evolução do projeto 5G-RANGE. Os coordenadores fizeram um trabalho excepcional ao transformar as sugestões e críticas recebidas ao longo do projeto em resultados. O projeto agora encaminha-se para sua conclusão com perspectivas otimistas de utilização dos resultados obtidos em novos projetos”, afirma Lucas Bondan.

O evento foi realizado excepcionalmente de maneira virtual por conta da pandemia de Covid-19. A avaliação final do projeto estava inicialmente planejada para ocorrer em 2020, junto ao workshop dos projetos da 4ª Chamada Coordenada e do Diálogo Brasil-União Europeia, em Brasília. Porém, com o adiamento do evento para 2021, optou-se por realizar a revisão final do projeto de maneira virtual.

Sobre o projeto 5G-Range

O objetivo principal do projeto 5G-RANGE é projetar, desenvolver, implementar e validar os mecanismos para permitir que a rede 5G forneça uma solução economicamente eficaz para o acesso à internet em áreas remotas.

As instituições brasileiras participantes do projeto seguem até abril de 2021 com atividades de disseminação e exploração dos resultados.

Confira quem são essas instituições:

  • Fundação INATEL
  • CPqD
  • Universidade de São Paulo
  • Universidade Federal do Ceará
  • Universidade de Brasília

;