Segurança

Através do seu Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança (CAIS), primeiro grupo de resposta da rede acadêmica brasileira, a RNP zela pela segurança na rede Ipê, detectando, resolvendo e prevenindo incidentes de segurança, com mais de 1 milhão de casos notificados até a presente data. Também tem o papel de disseminar boas práticas em segurança da informação, graças ao apoio dos vários grupos acadêmicos no Brasil e na América Latina, chamados CSIRTs (Computer Security Incident Response Teams).

Ao longo de seus 19 anos de atuação, o CAIS tem buscado desenvolver iniciativas e ações que suportem essa missão, como a publicação de cartilhas, a manutenção de um Catálogo de Fraudes e a promoção de eventos, como o Mês de Segurança e o Dia Internacional de Segurança da Informação (DISI), para educar e conscientizar usuários de todos os níveis sobre os principais riscos em segurança da informação.

Os principais beneficiados por essa atuação são as organizações usuárias, os Pontos de Presença (PoPs), CSIRTs acadêmicos, instituições governamentais, organizações parceiras e membros da comunidade de segurança e TI a nível nacional e internacional.

Retrospectiva

O CAIS foi criado em 1997, com o principal objetivo de tratar os incidentes de segurança na rede acadêmica brasileira. Ao longo dos anos, passou a desenvolver também uma postura proativa em relação aos novos incidentes que surgiam, promovendo a cultura de segurança da informação nessas instituições parceiras, em forma de treinamentos, eventos e materiais impressos, além de projetos que envolvam gestão de riscos e atendimento às normas de segurança, elaboração de políticas e auditoria de vulnerabilidades nas instituições.

Parcerias

O Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança relaciona-se constantemente com as organizações usuárias da RNP, seus Pontos de Presença, os grupos de resposta a incidentes de segurança de outras instituições (CSIRTS acadêmicos) e pesquisadores que participam do Programa de Grupos de Trabalho da RNP. Além disso, trabalha em parceria com a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES), que reúne representantes de 60 instituições de ensino conectadas à rede Ipê.

Outros parceiros da RNP em âmbito internacional são a Anti-Phishing Working Group (APWG), entidade que reúne grupos de resposta a incidentes de segurança (CSIRTS) de instituições bancárias e financeiras para combater fraudes eletrônicas, o Forum of Incident Response and Security Teams (FIRST), que congrega todos os CSIRTS do mundo, e a Cooperação Latino-Americana de Redes Avançadas (RedCLARA), grande parceira da RNP na América Latina.