UFSC oferece oficinas de eletrônica gratuitas para alunos da rede pública

O Laboratório de Experimentação Remota (RExLab), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), passou a oferecer oficinas de eletrônica em escolas básicas da rede pública. No dia 25/5, foi iniciada a primeira oficina para alunos do primeiro ano do ensino médio na Escola de Educação Básica Professora Maria Garcia Pessi, no município de Araranguá.

As aulas são gratuitas e têm como objetivo capacitar os estudantes em eletrônica básica a fim de prepará-los para o mercado de trabalho, bem como incentivar seu interesse em disciplinas das áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, com a finalidade de aumentar o índice de egressos em cursos nessas áreas.

Segundo o professor da UFSC e coordenador do RExLab, Juarez Bento da Silva, além dos cursos presenciais, que abrangem conteúdos teóricos e práticos, a proposta é proporcionar aos estudantes a oportunidade de lidar com ferramentas educacionais que facilitem sua aprendizagem, como dispositivos móveis, experimentos remotos, jogos digitais, ambientes virtuais de aprendizagem, entre outros. “Queremos avaliar como os alunos utilizam as tecnologias digitais em educação a distância para o aprendizado”, afirmou o pesquisador.

As oficinas fazem parte das ações do Programa de Integração de Tecnologia na Educação, desenvolvido pelo RExLab e apoiado pelo Ministério da Educação (MEC) por meio do Proext Sesu, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), pela RNP e pelo Programa Erasmus+, através do Projeto VISIR+.

No segundo semestre deste ano, a previsão é de que outras duas escolas da rede pública de Santa Catarina participem do projeto. A expectativa é de que as ferramentas educacionais também estejam disponíveis para os alunos ingressantes de cursos de Engenharia nas universidades, em auxílio do aprendizado em eletrônica, robótica e programação.

Em 2014, o RExLab recebeu o apoio da RNP no Grupo de Trabalho Experimentação Remota Móvel (MRE), selecionado pelo Programa de Grupos de Trabalho Temáticos em Educação a Distância. Iniciado em 2008, o projeto atende a mais de 5 mil alunos e docentes, em todos os níveis escolares, da rede pública de Santa Catarina.

Fonte: UFSC, com informações da RNP.

Foto: divulgação.

Leia mais:

Plataforma da UFSC apoiada pela RNP vence prêmio de melhor laboratório remoto

UFSC usa experimentação remota como ferramenta de apoio à educação