Startup comercializa ferramenta móvel de webconferência para melhorar a colaboração online

O Mconf é um sistema de webconferência que permite comunicação em tempo real entre múltiplas pessoas com compartilhamento de áudio, vídeo, apresentações e diversos conteúdos. A ferramenta foi desenvolvida com tecnologia brasileira, em colaboração com a comunidade internacional, e pode ser utilizada para reuniões corporativas, plataformas de educação a distância e transmissão de eventos pela web. A proposta da startup é ofertar produtos e serviços de videocolaboração acessíveis e customizáveis para empresas, redes acadêmicas e instituições de ensino e pesquisa.

A ideia surgiu em 2010, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em um Grupo de Trabalho coordenado pelo professor Valter Roesler e financiado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). “A ferramenta vem para suprir uma deficiência na comunicação por áudio e vídeo no Brasil. Havia uma dependência muito grande de softwares estrangeiros, que são muito caros, ou aplicativos com limitações em qualidade e estabilidade”, afirma o pesquisador. O Mconf é protegido no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) como programa de computador, em cotitularidade entre RNP e UFRGS, desde o segundo semestre de 2015.

Baseado no sistema de código aberto Big Blue Button[i], o Mconf apresenta alguns diferenciais como apresentação com quadro branco, notas compartilhadas e sessões que podem ser gravadas para acesso posterior. A ferramenta pode ser integrada a qualquer plataforma web e já possui plugins de integração para o Moodle e outros ambientes virtuais de aprendizagem. Além disso, o sistema pode assumir a identidade visual da empresa e ser personalizado para atender alguma necessidade específica da organização.

Para o sócio-fundador da empresa licenciada para comercializar a ferramenta, a Mconf Tecnologia, Felipe Cecagno, apesar de ter sido concebida inicialmente para reuniões remotas, a ferramenta é uma solução bastante flexível e se adapta facilmente a diferentes cenários de uso. “Existem inúmeros casos em que o Mconf pode auxiliar uma organização a economizar tempo ou recursos financeiros. Seja uma reunião de trabalho com equipe distribuída, ou uma banca de doutorado com um professor visitante do outro lado do mundo, o Mconf permite uma comunicação descomplicada e com qualidade”, destaca.

O analista de Novos Negócios da RNP, Henrique Ferraz, afirma que o Mconf é um exemplo de tecnologia de ponta, brasileira, desenvolvida dentro da academia, com financiamento da RNP que agora, com o licenciamento, a sociedade passa a usufruir. “O papel da RNP como articuladora de competências tem trazido indicadores de inovação para a instituição, no que tange o tratamento da propriedade intelectual gerada e a condução desses resultados tecnológicos com potencial de negócio para o mercado, como é o caso do Mconf”, destaca.

Para saber mais sobre a ferramenta, basta acessar: mconf.com.