RNP participa do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

- 22/09/2014

Nesta segunda-feira (22/9), a RNP participa da 47ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, com demonstrações de tecnologias de transmissão e projeção na resolução 4K, em parceria com o Laboratório de Aplicações de Vídeo Digital (LAVID), da Universidade Federal da Paraíba, e sistemas de acessibilidade e aferição de público, recurso utilizado para a contagem de pessoas dentro da sala de cinema.

Na ocasião, será exibido um filme em 4K com a janela de LIBRAS (CineLibras), tecnologia assistiva de tradução de legendas de filmes para LIBRAS e a audiodescrição (CineAD), geradas automaticamente a partir da legenda e do roteiro do filme, respectivamente. Os dois recursos também serão disponibilizados em dispositivos de segunda tela (tablets ou smartphones).

Desenvolvidas pelo LAVID, com apoio da RNP, essas tecnologias compreendem todo workflow de codificação e gestão de um cinema 4K. A codificação, transmissão (ao vivo e sob demanda), armazenamento e exibição de vídeos HD, 2K e 4K são feitas pela Suíte Fogo Player, conjunto de softwares capaz de gerenciar também transmissões ao vivo em sistema de telemedicina e cinema expandido.

Tanto a suíte Fogo Player, quanto o sistema de acessibilidade e de aferição de público focam no baixo custo. Além de ser um sistema completo, o Fogo Player tem um outro grande diferencial em relação aos demais players 4K no mercado: ele usa computadores pessoais normais, comercializados em qualquer loja de informática. Tecnicamente, isso é chamado de “hardware de prateleira”, ou em inglês, commercial off-the-shelf (COTS). Esse fato torna o Fogo Player muito mais barato de ser implementado do que os sistemas que usam supercomputadores, o que é algo extremamente importante para a disseminação de novas salas de cinema pelo Brasil todo.

Da mesma forma, o VLibras, CineAD e o sistema de aferição de público utilizam computadores pessoais comuns, sem necessidade de hardwares específicos, o que torna todo sistema atrativo e viável para salas de cinema não comerciais.

A demonstração é aberta ao público e está programada para as 14 horas, no auditório principal do Museu Nacional, localizado no Setor Cultural Sul, lote 2.

;