RNP é nova integrante do Consórcio Shibboleth

Em fevereiro deste ano, a RNP tornou-se a primeira rede acadêmica da América Latina a integrar o Consórcio Shibboleth. Essa adesão é parte da contribuição da organização para a continuidade no desenvolvimento, manutenção e suporte das atividades do consórcio.

O projeto Shibboleth foi iniciado em 2000, como uma atividade da Internet2. Seu desenvolvimento resultou em um software aberto e gratuito para gerenciamento de identidades, que rapidamente começou a ser adotado por diversas comunidades de educação e pesquisa em todo o mundo. O funcionamento é baseado no uso do Security Assertion Markup Language (SAML), para gerar estrutura segura de troca de informações entre diferentes domínios, usufruindo do conceito de autenticação única (Single Sign-On). É composto por provedores de identidade e provedores de serviço.

O sistema é utilizado pela maioria das federações de identidade oferecidas pelas redes acadêmicas, incluindo a Comunidade Acadêmica Federada (CAFe). “A adesão da RNP ao Consórcio Shibboleth fortalece a iniciativa e pode influenciá-la, pois tem como objetivo o suporte e manutenção do software, garantindo a sua continuidade como código aberto, assim como do seu desenvolvimento”, explica o diretor-adjunto de Gestão de Serviços da RNP, Antônio Carlos Fernandes Nunes.

Shibboleth e RNP: parceria de longa data

A RNP disponibiliza, desde 2010, o serviço da CAFe às suas organizações usuárias, sendo esta construída sobre o framework Shibboleth. Por meio da CAFe, usuários de uma instituição têm acesso a serviços providos pela RNP e as demais instituições da federação, sem que para isso tenham que criar um nome de usuário e senha para cada um.

“No final de 2014, foi disponibilizada a versão 3.0 do Shibboleth com diversas atualizações e novas características. Isso exigirá um planejamento estruturado para a atualização das federações de identidade das redes acadêmicas baseadas no software, incluindo a CAFe, atualmente com uma centena de provedores de identidade. Garantir a evolução contínua do Shibboleth é um dos principais benefícios em apoiar o consórcio, formado por redes acadêmicas como Janet (Reino Unido), Switch (Suíça), GAAR (Itália), Canarie (Canadá), DFN (Alemanha), Renater (França), além da Internet2 (Estados Unidos) e da própria RNP”, finaliza Nunes.