RNP e Kasco finalizam appliance exibidor de conteúdo digital

Projeto 3D do UHD Player

Em parceria com a Kasco P&D em tecnologia, a RNP finalizou o appliance UHD Player exibidor de conteúdo digital, projeto no âmbito da iniciativa Soluções Digitais para Cultura (SDC). O equipamento é um hardware miniaturizado capaz de exibir vídeos em 4K, com áudio digital de altíssima qualidade, além de oferecer funcionalidades como wi-fi, bluetooth e sintonizador de TV digital.  Há, ainda, diversas possibilidades para o desenvolvimento do equipamento, como a utilização da Inteligência Artificial, com aplicações que consigam reconhecer pessoas, assim como sua idade e expressão facial, a realização de aulas via satélite e de conferências.

O UHD Player possibilita sintonizar canais via satélite, permitindo que cidades remotas acessem conteúdo multimídia, sem o uso da internet e suporta os mais diversos softwares de conferência, permitindo a comunicação entre escolas e universidades.

 “Atualmente, cada sala de exibição conta com um kit de equipamentos que são interligados e configurados para receber e exibir o conteúdo distribuído no Cinemas em Rede. O objetivo foi desenvolver um equipamento que possa reunir todos os componentes de hardware e software que compõem o kit de equipamentos em uma única unidade de processamento que trará benefícios considerando um cenário futuro de grande número de salas a serem atendidas, com redução de custos, facilidades de logísticas, maior simplicidade na instalação e manutenção, dentre outros”, explica a analista de Negócios da Diretoria Adjunta de Serviços e Soluções da RNP (DAGSol) Alexandra Manarini.

A Kasco, empresa de soluções nascida nos laboratórios da Unicamp, foi selecionada em uma chamada em 2017 para tocar o projeto, cujos os requisitos técnicos eram diversos: dimensão reduzida do hardware, interfaces específicas de áudio, vídeo e dados, além da capacidade para processar os softwares já existentes, os quais rodavam anteriormente em ambiente de servidores. Havia, também, um target de preço final para as unidades a serem produzidas e um prazo pré-definido para a entrega.

“O momento foi oportuno, pois já estudávamos hardwares miniaturizados e montamos uma proposta complexa e desafiadora. Contando com equipes de alta capacidade e com a parceria do laboratório de TV Digital do Mackenzie e da Sator Eletrônica, após a aprovação da proposta, foram iniciados os trabalhos de pesquisa para identificar os principais componentes que formariam o hardware. Realizávamos sprints de quatro semanas, que muitas vezes eram curtos para o número de requisitos a se implementar, mas, junto à gerência de projetos da RNP, validávamos o caminho a ser percorrido e relampejávamos todos os desvios encontrados. A cada final de sprint, o conceito do projeto se tornava mais sólido e robusto e com uma condução transparente e objetiva e conseguimos envolver e motivar todos os colaboradores do projeto e extrair o melhor de cada um.  No final do 9º. Sprint (nono mês), já tínhamos um protótipo já funcional.  Mais que atender somente as necessidades de uma sala de cinema, houve uma preocupação em extrair todo o potencial do processador e capacita-lo a rodar algoritmos de Inteligência Artificial de última geração, que projetará este hardware ao uso nos próximos anos”, conta João Marcelo von Zuben, da Kasco P&D.

Confira as funcionalidades do UHD Player:

  • Reprodução de Vídeos em 4k;
  • Áudio Digital de 64 canais (S/PDIF MADI);
  • Armazenamento de 500GB/1TB HD SSD;
  • Saída para 2 Telas;
  • Pronto para Acessibilidade;
  • 8 GB RAM;
  • 2x HDMI/DVI;
  • Wifi, Bluetooth e Ethernet;
  • Memória SATA / SD / M.2;
  • TV Digital Terrestre e Satelital.
     

Sobre o Cinemas em Rede

O Cinemas em Rede é uma atividade da Rede de Cinemas Universitários, uma iniciativa da RNP em parceria com o Ministério da Cultura (MinC) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que pretende contribuir para a criação de um circuito de exibição audiovisual nas Universidades e Instituições federais de todo Brasil.

As prioridades do projeto são valorizar e ampliar o acesso ao conteúdo brasileiro, difundindo o cinema nacional em diversas comunidades, principalmente as que não possuem salas de exibição, visando o fortalecimento dos exibidores das instituições de educação, pesquisa e cultura, como um importante segmento para expansão de espaços qualificados de exibição no Brasil.