RNP e Eletrosul firmam acordo de compartilhamento de infraestrutura

Nesta sexta-feira (9/3), a RNP firmou um acordo de cooperação técnica com a Eletrosul para compartilhamento de infraestruturas entre as duas instituições. A cerimônia oficial de assinatura do convênio foi realizada na sede da empresa estatal, em Florianópolis. Participaram da mesa o diretor de Operações da Eletrosul, Rogério Bonini Ruiz, o diretor de Engenharia e Operações da RNP, Eduardo Grizendi, o diretor-adjunto de Relações Institucionais da RNP, Gorgonio Araújo, e o diretor de Telemática da Eletrosul, Celso Soares Pereira.

Os investimentos ocorrerão em três fases até 2020, tanto na iluminação com tecnologia óptica DWDM de 100 Gb/s de pares de fibra óptica da companhia, quanto na expansão da infraestrutura de sistemas de energia necessários para essa iluminação. “A parceria com a Eletrosul consolida, na região Sul, o projeto de dar escalabilidade em 100 Gb/s ao backbone da RNP nas diversas regiões do país, conforme nossos objetivos estratégicos, permitindo que pesquisadores sejam atendidos com serviços de alta capacidade e qualidade, tanto nos grandes centros como também em cidades do interior”, explica o diretor de Engenharia e Operações da RNP, Eduardo Grizendi. Segundo ele, poderão ser construídos múltiplos canais a 100 Gb/s, velocidade dez vezes maior do que a oferecida hoje na rede acadêmica nacional às principais capitais. 

A parceria vai permitir à RNP utilizar a infraestrutura de fibra óptica da Eletrosul para ampliar a capacidade da rede acadêmica que leva conexão de alto desempenho a instituições de ensino e pesquisa. Serão mais de 5 mil Km de fibra óptica iluminadas nas fases I, II e III do projeto. A iniciativa tem potencial de atendimento a cerca de 70 cidades e pelo menos 50 campi de instituições acadêmicas poderão ser conectadas a uma velocidade de 100 Gb/s nas regiões Sul e Centro-Oeste. Também serão viabilizadas conexões em alta velocidade na fronteira com Paraguai, Argentina e Uruguai.

Em contrapartida, a Eletrosul terá um sistema de telecomunicações para supervisão e controle de seus sistemas de transmissão de energia elétrica, atualizado tecnologicamente para 100 Gb/s, moderno e facilmente escalável, e que também atende a demandas em telecomunicações das demais atividades da empresa, proporcionando mais qualidade no atendimento aos seus colaboradores e seus clientes finais. “Essa parceria com a RNP proporcionará a modernização e a atualização da rede de telecomunicações da Eletrosul, além da ampliação da capacidade de conexão e melhoria da eficiência operacional. Do ponto de vista social, representa um aumento substancial na qualidade e na velocidade do acesso da rede acadêmica no Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e no Mato Grosso do Sul”, destaca o diretor de Operação da Eletrosul, Rogério Bonini Ruiz.