Rede de alta velocidade beneficiará instituições na região do Vale dos Sinos

As instituições de ensino e pesquisa do Vale dos Sinos, no Rio Grande do Sul, agora poderão desfrutar de acesso à internet em alta velocidade e colaborar entre si com a mesma qualidade de conexão oferecida na capital gaúcha. Isso porque a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) assinou um acordo de cooperação para a expansão da rede metropolitana de Porto Alegre (MetroPoA). A cerimônia de assinatura ocorreu no dia 8/5, no campus da Unisinos, em São Leopoldo.

Pelo acordo de cooperação técnica, a RNP cede ao provedor regional Adylnet um par de fibras ópticas em sua rede metropolitana em Porto Alegre, em toda a sua extensão, de cerca de 85 km. Em contrapartida, o provedor cede à RNP um par de fibras ópticas no trecho de longa distância, que passa por diversas cidades no Vale dos Sinos, entre Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia, São Leopoldo e Novo Hamburgo, compreendendo cerca de 100 km,  o que duplica a extensão atual da MetroPoA na região metropolitana de Porto Alegre.

A região concentra várias instituições de ensino e pesquisa, entre universidades comunitárias, institutos federais, hospitais e parques tecnológicos. “Estamos atendendo à saúde, ensino, pesquisa, assim como à inovação. A expansão da rede metropolitana aumentará a colaboração entre todas essas instituições”, sinaliza a coordenadora da MetroPoA, Jussara Musse, que comemora a parceria. “Esperamos que esta seja a primeira de várias outras. Nossa intenção é expandir a rede rumo ao interior do estado para alavancar ainda mais o desenvolvimento da região e mudar o mapa de ensino e pesquisa no Rio Grande do Sul”, declara Jussara.