Protótipo da plataforma digital do Ciência na Escola é apresentado no Seminário Marco Zero

- 06/12/2019

O Programa Ciência na Escola segue com suas atividades a todo vapor. No dia 3/12, o ministro do MCTIC, Marcos Pontes, realizou o seminário Marco Zero, que oficializou a iniciativa como um programa do governo. E a RNP esteve no encontro para apresentar o protótipo da segunda etapa da plataforma www.ciencianaescola.gov.br, que irá consolidar todas as informações de gestão dos projetos com foco em ensino e aprendizado de ciências em todo o país.

A RNP está apoiando diretamente a iniciativa desde fevereiro deste ano e é responsável pela concepção, desenvolvimento e gestão técnica da plataforma, que tem duas etapas de entregas. A primeira, já em operação, trata do desenvolvimento e implantação da chamada para pesquisadores e escolas. A segunda etapa visa fomentar a qualidade do ensino de ciências nos cursos fundamental e médio das escolas públicas brasileiras, por meio da divulgação de conteúdo e acompanhamento de indicadores referentes às ações e projetos que compõe o Ciência na Escola.

E foi o protótipo desta segunda etapa que a equipe da RNP apresentou durante o evento. “Ao longo de 2019, realizamos processo de imersão e prototipação. No primeiro, realizamos pesquisas com os usuários do sistema e, na segunda, promovemos oficinas que resultaram na elaboração da ferramenta. Tudo isso foi idealizado em parceria com MEC e o MCTIC, além do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE)”, destacou o gerente de soluções da RNP e um dos responsáveis pelo projeto, Roosevelt Benvindo.

A plataforma irá integrar os resultados das ações nas escolas e universidades com o fortalecimento dos espaços para troca de experiências “mão na massa” de ciências. Para tanto, serão desenvolvidas funcionalidades para registro de metas, objetivos, publicação e compartilhamento de conteúdo, além dashboards, relatórios e modelos de visão destinados ao acompanhamento e monitoramento do programa.

Adicionalmente, merece destaque a preocupação da equipe responsável pelo projeto em se desenvolver um produto interativo, multiplataformas e integrado as principais redes sociais além de acessível aos portadores de necessidades especiais (deficientes visuais e auditivos).

A abertura foi realizada pelo Ministro do MCTIC, Astronauta Marcos Pontes, o secretário da Secretaria de Políticas para Formação e Ações Estratégicas (Sefae), Marcelo Morales, o presidente da Capes, Anderson Correia, a secretária Substituta de Educação Básica do Ministério da Educação, Aline Ribeiro Dantas, e a Diretora de Engenharias, Humanas e Sociais do CNPq, Adriana Tonini.

;