Programa Amazônia Conectada vence prêmio de melhor projeto de 2015

Categoria
- 13/11/2015

O Programa Amazônia Conectada, que utiliza os leitos dos rios da bacia amazônica para a instalação de uma rede de fibra óptica no interior do Amazonas, venceu o Prêmio Mundo PM 2015, na categoria de melhor projeto do ano. Promovida pela revista Mundo PM, a premiação nacional valoriza empresas e profissionais da área de gerenciamento de projetos, programa e portfólio de projetos.

Representantes do Exército Brasileiro, da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), da Companhia de Processamento de Dados do Amazonas S/A (Prodam) e da Telebras foram homenageados na solenidade, realizada em São Paulo no dia 12/11, com o prêmio de excelência em gerenciamento de projetos.

Antes de ser indicado como vencedor, o programa foi um dos três candidatos finalistas selecionados pela comissão de avaliação do prêmio na categoria Projeto do Ano. Além da homenagem, os vencedores também serão tema de uma reportagem publicada na revista Mundo PM.

O Programa Amazônia Conectada é uma iniciativa interagências que levará internet de qualidade para a população do interior do Amazonas, pelos leitos dos rios da bacia amazônica. Após a implantação da fibra óptica subfluvial, essas localidades poderão usufruir de uma série de serviços de rede de dados, como internet banda larga, telemedicina, ensino a distância, interconexão entre saúde, segurança pública, trânsito e turismo, além de ganhos para a defesa nacional.

Em julho de 2015, foi inaugurado o primeiro trecho do cabo subfluvial de fibra óptica, com cerca de 10 km, no leito do rio Negro, ligando duas bases do Exército Brasileiro em Manaus. Até 2017, outros sistemas serão desenhados para a implantação de cabos subfluviais nos principais rios da bacia amazônica – os rios Negro, Solimões, Madeira, Purus e Juruá –, interligando 52 municípios e atendendo a mais de 3,8 milhões de habitantes da região.

Foto: Mundo PM

;