Os novos desafios diante da mobilidade

Os desafios do uso de tecnologias móveis para a ciência, educação, saúde, cultura e defesa estarão no centro debate do Fórum RNP 2015, que acontece dias 25 e 27 de agosto, em Brasília. Organizadas em trilhas paralelas, as apresentações vão abordar temas relacionados às áreas, a partir da visão de palestrantes nacionais e internacionais, entre eles o pesquisador sênior da instituição norte-americana EDUCAUSE, Christopher Brooks, e representantes da Universidade de São Paulo (USP), da Fundação Lemann e do Tribunal de Contas da União (TCU).

Representante da EDUCAUSE, comunidade norte-americana de organizações de ensino superior empenhadas em fazer avançar a aprendizagem através da inovação em TI, o pesquisador Christopher Brooks trará a visão sobre os principais paradigmas da incorporação da mobilidade no ensino. Considerado um dos principais investigadores de uma série de projetos de pesquisa da ECAR, que produz pesquisas e relatórios analíticos usados para prever, planejar e utilizar tendências de Toda Tecnologia da Informação (TI) no ensino superior, Brooks aposta na visão da inovação tecnológica como um catalisador para a descoberta de novas abordagens para a aprendizagem.

Advogada especialista em Direito Digital, Patrícia Peck, palestra sobre o potencial e os riscos inerentes ao aumento do uso dos recursos no contexto de ensino e aprendizagem, exemplificando os efeitos da mobilidade no ambiente educacional. Desde 2005 atuando em instituições de ensino, Peck antecipará os ajustes necessários para adequar as novas relações à realidade tecnológica imposta ao mundo acadêmico, incluindo a necessidade de cláusulas mais específicas sobre dever de sigilo e confidencialidade.

Primeira instituição brasileira a utilizar intensiva e institucionalmente um sistema de cloud computing, o case da USP vai nortear o debate sobre o futuro da computação em nuvem na apresentação guiada pelo diretor de TI da instituição, Cyrano Rizzo. Responsável pela instalação da primeira cloud universitária da América Latina e da primeira no Brasil no segmento acadêmico, ele vai abordar a viabilidade da computação em nuvem, além das vantagens e desafios de adaptação diante da mudança de paradigma das universidades brasileiras, tendo como referência a experiência implementada na USP, uma das universidades mais prestigiadas do mundo.

Realizado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), o Fórum RNP 2015 acontece entre os dias 25 e 27 de agosto, em Brasília, e é aberto ao público, mediante inscrição. Ao longo dos três dias de evento, além desses, serão abordados temas como governança e liderança, operação de TIC, gestão de identidade, redes e novas tecnologias, segurança e privacidade, telessaúde e telemedicina, e-Ciência, tecnologias aplicadas à educação, cultura e defesa, tendo público-alvo profissionais de TIC e fornecedores, coordenadores de projetos de pesquisa, pró-reitores e diretores de universidades, além de gestores públicos.

Para inscrições e informações, acesse http://forum.rnp.br/.