Mconf é recomendado para uso de outras redes acadêmicas africanas

O Mconf, plataforma de multiconferência web financiada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), foi recomendado como uma solução de comunicação para as redes acadêmicas africanas, durante a conferência anual UbuntuNet-Connect 2015, realizada nos dias 19 e 20/11, em Moçambique.

Durante o evento, a representante da rede acadêmica da África do Sul (SANReN), Kasandra Isaac, compartilhou a experiência de uso da rede, que adotou a ferramenta desde julho de 2015.

Em sua apresentação, ela destacou as vantagens do Mconf para colaboração em pesquisa, educação a distância e transmissão de eventos, pela facilidade de comunicação em áudio e vídeo em tempo real, diversas salas para webconferências, acesso federado e repositório para documentos. Outro ponto destacado foi a alta disponibilidade da plataforma, pelo suporte oferecido pelos servidores de outras instituições usuárias em caso de falha de conexão.

Em paralelo ao UbuntuNet-Connect 2015, o Ministério de Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional de Moçambique (MCTESTP) promoveu o Seminário da Rede Moçambicana de Ensino Superior e Pesquisa – MoRENet, no dia 18/11. A RNP foi representada pelo diretor de Engenharia e Operações, Eduardo Grizendi, que ressaltou o projeto Bella (Building Europe Link to Latin America), o cabo angolano e a possível intensificação das pesquisas entre a América Latina e a África, quando a conexão direta estiver disponível.

Artigos da RNP apresentados no UbuntuNet-Connect 2015