Mais de 1 milhão de autenticações em roaming no Brasil

A RNP investiu fortemente em 2014 no aumento dos pontos de acesso ao eduroam no Brasil, totalizando 1.089 pontos, distribuídos em mais de 40 instituições conectadas nas cinco regiões do país. Esse investimento foi fundamental para a organização alcançar, em fevereiro deste ano, a marca de mais de 1 milhão de autenticações em roaming no Brasil.

O holandês Klaas Wierenga, responsável por compartilhar a ideia inicial de criação do serviço que originou o eduroam, parabenizou a RNP por esse marco. “Parabéns por essa fantástica conquista. O tempo que levamos para realizar na Europa, a RNP e o Brasil fizeram em apenas alguns anos”, ressaltou Wierenga.

Com uma rede Wi-Fi segura, o serviço permite que seus usuários se conectem à internet em qualquer localidade que possua pontos de acesso do eduroam, sendo a autenticação realizada com as credenciais da instituição de origem do usuário. Assim, uma das vantagens do serviço, operado pela RNP no Brasil, é oferecer segurança e mobilidade aos pesquisadores e demais usuários.

O especialista em TI do Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast/MCTI) Alberto Wester (foto) é responsável pelo uso do serviço no museu e usuário frequente do eduroam. “Para mim, o maior benefício é a facilidade de entrar na rede em todos locais que já possuem o serviço, até mesmo em países fora do Brasil. Eu uso o eduroam frequentemente quando preciso visitar outras instituições”, destacou Wester. “A equipe do Mast está muito satisfeita com os serviços oferecidos pela RNP à comunidade científica e tecnológica. Esperamos que esse serviço seja ampliado cada vez mais”, complementou.

Com o aumento dos pontos de acesso no ano passado, a América Latina passou a ser a segunda região do mundo com maior cobertura do eduroam, ficando atrás apenas da Europa, onde o serviço foi concebido. Além de autenticação segura, o serviço também está integrado à CAFe.

Serviço eduroam nas salas de Telepresença

As salas de Telepresença integrantes do serviço gerido pela RNP agora contam com pontos de acesso do eduroam. Com isso, os usuários que fazem parte das instituições clientes deste serviço podem se conectar à internet durante uma reunião, quando necessário. Basta ter o eduroam configurado no computador, celular ou tablete para acessar à rede sem fio de forma automática, garantindo comodidade e uma experiência de alta qualidade.

Caso o usuário não seja participante do eduroam, pode acessar à internet pela conexão cabeada disponível em todas as salas do serviço de Telepresença.