Impactos da transformação digital para profissionais de cibersegurança

A escassez de profissionais especializados em cibersegurança no Brasil e no mundo já é
realidade, como mostram pesquisas e estudos recentes do International Information System
Security Certification Consortium (ISC2)
e da Associação Brasileira das Empresas de
Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom)
. “A tendência é que nos próximos
anos o quadro se agrave causando um apagão da força de trabalho”, alerta Michelle
Wangham
, diretora de articulação com empresas da Sociedade Brasileira de Computação
(SBC), e assessora de pesquisa, desenvolvimento e inovação da Rede Nacional de Ensino
e Pesquisa (RNP).

O tema será abordado no WRNP 2022 na sessão “Transformação digital acelerada e
aumento dos riscos de ataques cibernéticos: como preparar a força de trabalho para
estes desafios?”
, na terça-feira (24), às 16h. Michelle modera o painel que é em conjunto
com o Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC),
organizado anualmente pela SBC.

O debate reúne Aldri Santos, doutor em Ciência da Computação pela UFMG, professor da
mesma universidade e membro do comitê técnico de segurança da informação e da
comunicação da Sociedade de Comunicação (ComSoc) da IEEE e da SBC; Emilio Tissato
Nakamura
, diretor de Cibersegurança da RNP e mestre em Ciência da Computação pela
Unicamp; José Sampaio Gontijo, secretário substituto de Empreendedorismo e Inovação
do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI); e Sergio Paulo Gallindo,
presidente da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e
Comunicação (Brasscom) desde 2014.

Para Michelle, “precisamos mapear os riscos que a falta de profissionais de cibersegurança
podem trazer para o mercado e discutir ações para capacitar e atrair profissionais para a
área”, explicou. Segundo ela, o objetivo do painel é ouvir, debater e planejar estratégias
para que uma rede colaborativa de apoio à capacitação da força de trabalho em
cibersegurança possa ser constituída.

Os convidados para este painel representam atores que sofrem com os problemas que
serão debatidos e que já estão engajados em ações para tratar do desafio da formação de
profissionais da área. Sergio Paulo Gallindo, presidente da Brasscom, apresentará a visão
da associação e as ações já iniciadas por ela. José Sampaio Gontijo apresenta as
estratégias e iniciativas do Governo, Aldri Santos trará o ponto de vista da Academia e dos
pesquisadores e Emilio Nakamura indicará como a RNP pode atuar na capacitação de
profissionais, além de debater outras ações de apoio, tais como a disponibilização de
infraestruturas para experimentação no campo da cibersegurança.

O WRNP 2022 será realizado online na próxima semana, nos dias 23 e 24, e as inscrições
para participar ainda estão abertas. O Workshop RNP é um evento gratuito voltado para
pesquisadores, professores, estudantes de graduação e pós-graduação, além de
profissionais de TI e inovação. Para conferir a programação completa e garantir sua vaga,
acesse wrnp.rnp.br.

;