Documentário sobre os Guarani Kaiowá é exibido simultaneamente em oito universidades do Brasil

O filme “Martírio”, exibido na sessão do Cinemas em Rede do dia 19/4, teve um público de mais de 350 pessoas, distribuídas em oito universidades participantes do projeto. A apresentação do documentário de Vincent Carelli, antropólogo e idealizador do Vídeo nas Aldeias, foi executada em parceria com a Vitrine Filmes.

Após a exibição do longa-metragem, foi realizado um debate em rede, por meio do serviço de Conferência Web (MConf) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), que conectou as oito salas de cinema, além do ponto focal em Brasília. O debate contou com a participação de lideranças indígenas e pesquisadores, distribuídos por três estados diferentes: de São Paulo, participaram o cineasta Vincent Carelli e o professor da USP, Henri Alencar Gervaiseau; do Espírito Santo, o antropólogo e pesquisador da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Spensy Kmitta Pimentel e o líder Guarani, Marcelo Wera Djekupe; e da Bahia, o líder Pataxó e estudante de direito da UFBA, Genilson Taquari. Após o filme, cerca de 270 pessoas permaneceram nos cinemas da UFG, UFRGS, UFBA, UFPB, UFES, UFPel, UFSCar, e ECA/USP para participar do debate.

Graças à parceria do Cinemas em Rede com o Cineclube Aldeia, projeto de extensão da UFES, Vitória foi a cidade que teve o maior público, contabilizando cerca de 120 pessoas no Cine Metrópolis.

 Segundo o professor Spensy Pimentel, “a proposta da RNP em trabalhar com os exibidores universitários aponta para um grande número de possibilidades a serem exploradas pelas universidades do país e, neste sentido, é um projeto fundamental para ser ampliado, pois o circuito cinematográfico brasileiro só tem a ganhar com isso’’.

O Cinemas em Rede realiza sessões todas as terceiras quintas-feiras de cada mês. A entrada é gratuita. Mais informações sobre o projeto em: http://www.cinemasemrede.rnp.br