Delegação russa cumpre agenda no Brasil para promover telemedicina

Entre os dias 5 e 12/4, representantes da Universidade da Amizade dos Povos da Rússia (RUDN, em inglês PFUR) cumpriram uma série de compromissos no país dentro da agenda dos Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A instituição exerce um papel de liderança em telemedicina e, em 2014, foi responsável por incluir o tema na pauta dos ministérios de Ciência e Tecnologia dos países que compõem o bloco.

A delegação foi composta pelo presidente do Conselho da Agência Nacional de Telemedicina da Rússia, Dr. Mikhail Natenzon; o chefe do Departamento de Telemedicina e Informática e Saúde da RUDN, Dr. Konstatin Sidelnikov, e a pró-reitora da instituição, Dra. Svetlana Kuhno.

Durante o período, os visitantes estiveram em três cidades – Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília. No Rio, Mikhail Natenzon participou por videoconferência do Congresso MedTel, da Sociedade Internacional de Telemedicina e Telessaúde (ISfTeH), realizado em Luxemburgo no dia 5/4.

Nos dias 7, 10 e 12/4, Natenzon e Konstatin Sidelnikov ministraram três palestras para a comunidade da Rede Universitária de Telemedicina (Rute) por videoconferência, sobre temas específicos ligados à área. Ao todo, 12 instituições, entre elas universidades e hospitais, estiveram conectadas às reuniões virtuais.

Ainda no Rio, a comitiva visitou a presidência do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Ipub/UFRJ) e o Hospital Universitário Pedro Ernesto, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), onde foi assinado um acordo de cooperação com o reitor da Uerj, Ruy Garcia Marques, para projetos entre as duas universidades.

Já em Belo Horizonte, nos dias 10 e 11/4, os representantes da RUDN estiveram na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde também foi encaminhado um projeto de cooperação e realizada uma reunião da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a retomada das atividades do grupo eHealth Technical Advisory Group.

Em Brasília, no dia 12, a delegação da Rússia participou de uma reunião com foco na agenda dos Brics, junto às assessorias internacionais dos ministérios de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), da Saúde (MS), da Educação (MEC), a direção de ensino e pesquisa da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e a direção do Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes. O encontro resultou na produção de uma nota técnica em apoio às próximas reuniões dos Brics na China.

Segundo o coordenador nacional da Rute, Luiz Ary Messina, a cooperação com a Rússia pode contribuir para o avanço da telemedicina nos países-membros dos Brics de forma mais integrada. "A telemedicina é uma área transdisciplinar, que depende dos ministérios da Saúde, da Educação e de Ciência e Tecnologia. Primeiro, é preciso a compreensão do tema para integrá-lo na pauta dos três ministérios dos Estados-membros perante as reuniões dos Brics", afirmou.

Fotos: Delegação russa na reitoria da Uerj e no núcleo de telessaúde da universidade, no Rio de Janeiro.