Conselho diretor de CLARA apresenta novo diretor executivo da instituição

No dia 3/7, durante a Conferência Tical 2017, a Cooperação Latino-Americana de Redes Avançadas (CLARA) apresentou o novo diretor executivo da instituição, Luis Eliecer Cadenas. O evento reuniu gestores de TIC de universidades da América Latina em San José, na Costa Rica.

Cadenas Marin, que assumirá as funções do cargo no dia 1º de agosto deste ano, possui amplo conhecimento das redes acadêmicas desde o início das mesmas na América Latina. Foi cofundador, presidente e membro do diretório da Rede Nacional Acadêmica da Venezuela, REACCIUN (1996-2000). Foi presidente da Associação da Rede Latino-Americana de Pesquisa (Enredo, 1998-1999) e também membro dos diretórios do Centro de Supercomputação Nacional da Venezuela (Cecalcula, 1997-1999) e do Parque Tecnológico de Sartenejas (1997-1999).

O anúncio sobre a nova direção executiva de CLARA foi realizado por ocasião da cerimônia de abertura da Conferência Tical 2017 e do primeiro Encontro Latino-Americano de e-Ciência, na cidade de San José, Costa Rica, no dia 3/7 do ano em curso.

O novo diretor sucederá no cargo a Florencio Ignacio Utreras Días, que exerceu a função desde a fundação de CLARA em novembro de 2004, até o último dia 30/6. Durante o evento, Utreras recebeu um amplo reconhecimento por seu trabalho à frente da instituição.

Carlos Casasús manifestou sua profunda gratidão a Florencio Utreras por sua visão e liderança no desenvolvimento das redes acadêmicas da América Latina e demonstrou entusiasmo com as possibilidades de um futuro promissor sob a nova direção.

Enquanto Cadenas Marin não assume o cargo, o posto de diretor executivo de CLARA será ocupado de maneira interina por Paola Arellano Toro, diretora executiva da rede acadêmica do Chile, Reuna.

Fonte: RedCLARA

Foto: Luis Eliecer Cadenas, Ida Holz, Paola Arellano e o diretor de Engenharia e Operações da RNP, Eduardo Grizendi.