Concluída construção do cabo Ellalink, que ligará América do Sul à Europa

- 10/03/2021

Após anos de planejamento, aquisições, preparação, construção e, acima de tudo, colaboração, o Programa BELLA chegou a um marco em sua história: a emenda final - e, portanto, a conclusão da construção - da nova conexão de cabo submarino EllaLink de 6 mil km que liga diretamente a Europa e a América Latina. O trabalho agora é para que a conectividade de BELLA esteja online, fornecendo a alta capacidade e a baixa latência necessárias para o uso intensivo de dados em pesquisa e educação.

Quando estiver em pleno funcionamento, BELLA potencializará as oportunidades de pesquisa e educação na Europa e na América Latina pelos próximos 25 anos. Conectividade de alta capacidade e baixa latência juntas abrem inúmeras novas possibilidades.

Por exemplo, para usuários latino-americanos, BELLA habilitará permitirá acesso rápido aos dados de Observação da Terra de Copernicus, impulsionando a colaboração em pesquisas climáticas entre os dois continentes, ajudando a salvar vidas em tempos de emergência; BELLA também será importante para o trabalho do Cherenkov Telescope Array (CTA), o maior e mais sensível observatório terrestre do mundo para astronomia de raios gama em energias muito altas, que abrirá uma nova janela para o Universo.

Com mais de 100 telescópios localizados em dois locais - La Palma nas Ilhas Canárias (Espanha) e perto do Monte Paranal, (Chile) - e gerenciamento de dados em outras localidades europeias, o CTA possui requisitos de transferência de dados enormes.

A conectividade oferecida por BELLA permitirá a transferência segura e rápida para centros de dados para reconstrução de eventos e acesso rápido a dados científicos para toda uma comunidade global de pesquisadores.

Sobre o projeto BELLA

O Programa BELLA atende às necessidades de interconectividade de longo prazo das comunidades de pesquisa e educação europeias e latino-americanas, alcançadas por meio de dois projetos: BELLA-S, que garante direitos de espectro no cabo submarino EllaLink e garante requisitos de conectividade “à prova de futuro”; e BELLA-T, que prevê a conclusão da conectividade de fibra para as redes avançadas latinoamericanas - trazendo a tão necessária conectividade de alta velocidade e igualdade de acesso para as comunidades de pesquisa e educação em todo o continente.

Fonte: RedCLARA

;