Comunidade de pesquisa internacional reúne-se no Rio para discutir Internet do Futuro

- 27/10/2017

Nos dias 26 e 27/10, a comunidade de pesquisa internacional em novas arquiteturas de internet esteve presente no Rio de Janeiro para o segundo encontro do Global Experimentation for Future Internet (Gefi), grupo formado por pesquisadores da União Europeia, Estados Unidos, Brasil, Japão e Coreia do Sul, para definir os rumos da colaboração global em Internet do Futuro. Novas arquiteturas de rede, serviços e aplicações, federações, computação em nuvem, Internet das Coisas e redes sem fio são alguns dos campos de estudo.

O evento reúne pesquisadores acadêmicos com o objetivo de incentivar atividades colaborativas ao nível global, com sessões que tratam de tópicos de interesse em comum entre as comunidades participantes do GEFI. Este ano, os temas escolhidos foram: reprodutibilidade de experimentos; escalabilidade dos ambientes de experimentação e novos tipos de pesquisa; aplicações de computação em nuvem; e redes definidas por software (SDN, na sigla em inglês). “Nós queremos que os países participantes colaborem nessas atividades, na esperança de estimular interação e colaborações de pesquisa duradouras entre as comunidades”, afirma o diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da RNP, Michael Stanton.

Do lado brasileiro, pesquisadores de 13 universidades foram convidados para o evento. Entre os parceiros internacionais estão a Universidade de Tóquio e o Instituto Nacional de Tecnologia de Informação e Comunicação (NICT), do Japão; o Institut National de Recherche en Informatique et en Automatique (INRIA) e a Universidade Pierre et Marie Curie (UPMC), da França; a Universidade de Antuérpia, na Bélgica; e as universidades da Flórida, Virginia e Maryland, nos Estados Unidos, entre outros. Também participaram representantes da National Science Foundation (NSF), dos Estados Unidos, e do Ministério de Ciência Tecnologia, Inovações e Telecomunicações (MCTIC).

Entre as oportunidades de pesquisa no Brasil, a RNP oferece o laboratório virtual Fibre (Future Internet for Brazilian Experimentation), para experimentos em novas arquiteturas de internet e para o uso de alunos, professores e pesquisadores no ensino de redes de computadores e sistemas distribuídos.

As plataformas internacionais que permitem pesquisas experimentais em Internet do Futuro incluem a Global Environment for Network Innovation (GENI), iniciativa da NSF dos EUA; e FIRE (Future Internet Research and Experimentation), da União Europeia.

;