Cinemas em Rede leva para as telas o ambiente pós-apocalíptico do filme Redenção

Neste mês de outubro, o projeto Cinemas em Rede exibe o longa-metragem Redenção, do diretor Marcel Kunzler. A produção cinematográfica será exibida no dia 18 de outubro (quinta-feira), a partir das 19h. Nesta edição, sete salas de cinema de instituições federais brasileiras participarão da exibição do longa e do debate pós-sessão. A entrada é gratuita.

Com selo da produtora ‘Primeiro Corte Produções’, o filme lançado em 2016 é uma ficção científica ambientada em um futuro distópico. A história mostra uma cidade em meio à destruição local, onde os sobreviventes buscam maneiras de driblar as adversidades. Porém, a chegada de um desconhecido acaba influenciando diretamente a vivência do povoado.

Após a sessão, a produtora Flávia Matzenbacher estará presente na Sala Redenção da UFRGS, em Porto Alegre, para participar de um debate. Assistente de produção executiva de "Meu tio matou um cara", (2004), "Sal de Prata" (2005) – premiado como melhor montagem no Festival de Gramado – e, mais recentemente, das minisséries “Redenção” (2015) e "Caixa Preta" (2017), Matzenbacher trará uma longa experiência em produções audiovisuais. Também participará do debate a coordenadora e curadora da Sala Redenção, Tânia Cardoso, que é Mestre pela UFRGS com trabalho analítico entre a visão distópica de George Orwell, em 1984, e as preocupações de Ignácio de Loyola Brandão com o desmonte do projeto moderno.

O debate será transmitido em tempo real para as demais instituições participantes desta edição: Cine Arte UFF (Universidade Federal Fluminense), Cine Aruanda (Universidade Federal da Paraíba), Cine UFG (Universidade Federal de Goiás), Cine Metrópolis (Universidade Federal do Espírito Santo), CineUFSCar (Universidade Federal de São Carlos) e Cinema da UFBA (Universidade Federal da Bahia).

O evento é mais uma edição do Cinemas em Rede, iniciativa que conecta cinemas e exibidores das instituições federais de educação, ciência e cultura à RNP, criando um circuito nacional para a produção audiovisual brasileira. Ainda em 2018 será lançada uma chamada de qualificação para levantamento da situação dos exibidores nas universidades e institutos federais, e subsidiar a expansão da rede pelo Brasil.

Saiba mais sobre o Cinemas em Rede: http://www.cinemasemrede.rnp.br