Seções
Texto

Colaborações Internacionais

Estamos conectados a outras redes acadêmicas internacionais, com conexões diretas para a América do Sul e os Estados Unidos.    

 

 
Texto

RedCLARA

Temos um papel de destaque na Cooperação Latino-Americana de Redes Avançadas (RedCLARA), por onde a nossa rede se conecta com outros 10 países da América Latina e a rede europeia Géant.

 
Texto

AmLight

Estamos conectados com os Estados Unidos em alta velocidade pelo consórcio Amlight. Essas conexões proveem acesso às redes acadêmicas norte-americanas, que nos conectam a outras redes internacionais e à internet comercial mundial.

 
Texto

Projeto BELLA

A iniciativa está construindo a primeira conexão direta entre a América Latina e a Europa e irá atender as necessidades das comunidades de ensino e pesquisa das duas regiões pelos próximos 25 anos. Grande parte das conexões terrestres passam por território brasileiro.

Texto

AARCLight

O projeto AARCLight proverá uma conexão direta entre Brasil e Angola. Esta será a primeira conexão intercontinental que não passa pelos Estados Unidos, permitindo melhor conectividade para o sul e leste da África (redes da Ubuntunet Alliance).

Texto

Cinegrid

A RNP colabora, desde 2009, com a comunidade Cinegrid, que se dedica à transmissão internacional multimídia de alta resolução de eventos de colaboração artística (música, dança, cinema), com a participação de pesquisadores e artistas.

Texto

Iniciativas globais de pesquisa

 
Texto

GLIF - Global Lambda Integrated Facility

Integramos, desde 2008, a Global Lambda Integrated Facility (Glif), uma colaboração internacional entre redes de ensino e pesquisa que compartilham recursos para interconectar redes avançadas em diferentes países, em suporte a aplicações científicas que demandam alta transmissão de dados.

Texto

GNA - Global Network Architecture

Também colaboramos com a iniciativa Global Network Architecture (GNA), desenvolvida por uma comunidade internacional de redes acadêmicas, que busca maneiras de tornar os investimentos em infraestruturas de redes mais eficazes.

 
Texto

LHCONE

Oferecemos conectividade para que instituições brasileiras participem do seleto time de grids computacionais da rede LHCONE, da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (Cern). Dessa forma, pesquisadores brasileiros podem estar envolvidos em grandes experimentos de física, cujos dados são gerados no acelerador de partículas LHC e distribuídos pelo mundo.

Texto

Caso de Uso

Em 2014, a RNP colaborou com a empresa pública de televisão japonesa NHK e a operadora de telecomunicações NTT, que transmitiram ao vivo para quatro cidades no Japão imagens em Super Hi Vision (8K) de nove jogos da Copa do Mundo no Brasil. A transmissão utilizou recursos da nossa rede e de outras redes acadêmicas da América Latina, dos Estados Unidos e do Japão.