Seções
Texto

Nossa história


Pioneirismo no Brasil

Ajudamos a trazer a internet para o país para atender aos anseios da comunidade acadêmica. Hoje, continuamos a contribuir para a evolução da internet no Brasil e no mundo.

Linha do tempo

Texto

1989

Texto

Surge a RNP

A RNP foi criada em setembro de 1989 pelo então Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Seu objetivo era construir uma infraestrutura nacional de rede de internet de âmbito acadêmico. A Rede Nacional de Pesquisa, como era chamada em seu início, tinha também a função de disseminar o uso de redes no país.

Texto

1992

Texto

Internet chega ao Brasil

Implantação da primeira rede de internet no país, que alcançou dez estados e o Distrito Federal.

Concientização acadêmica

RNP dedica-se a divulgar os serviços de internet à comunidade acadêmica, por meio de seminários, montagem de repositórios temáticos e treinamentos, estimulando a formação de uma consciência acerca de sua importância estratégica para o país e se tornando referência em aplicações de tecnologia internet.

Texto

1995

Texto

Apoio de grandes empresas

Inúmeras empresas fabricantes de bens de informática, tais como Compaq, Equitel, IBM, Philips, entre outras, passam a oferecer apoio concreto à RNP, fornecendo equipamentos, software e, mesmo, financiando atividades diretas do projeto.

Segurança

Criação do primeiro centro de segurança de redes brasileiro.

Primeiras regulamentações

Em apoio à consolidação da internet comercial no país, foi criado o Centro de Informações da Internet/BR, para dar suporte ao surgimento de provedores e usuários da rede. Mais de 3.000 questões relativas à internet foram respondidas em seu primeiro ano de funcionamento.

Abertura comercial

Início da abertura da internet comercial no Brasil. Nesse período, a RNP passou por uma redefinição de seu papel, estendendo seus serviços de acesso a todos os setores da sociedade.

Texto

1997

Texto

Surge o CAIS

Criação do CAIS, para tratar os incidentes de segurança na rede acadêmica.

Saiba mais

Texto

1999

Texto

Apoio aumenta

É criada a Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (AsRNP), para desenvolver e executar o programa, sob orientação de um Comitê Gestor (CG-RNP) formado por representantes do MEC e do MCT.

Surge o Programa Interministerial RNP

Ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Educação (MEC) assinam convênio para levar a rede acadêmica a um novo patamar. Nasce o Programa Interministerial de Implantação e Manutenção da Rede Nacional para Ensino e Pesquisa (PI-MEC/MCT), hoje chamado de Programa Interministerial RNP (PI-RNP).

Texto

2000

Texto

Inauguração oficial

A rede de internet da RNP, chamada Backbone RNP2, é oficialmente inaugurada, com capacidade de 200 Mb/s e mais de 11 mil grupos de pesquisa beneficiados.

Texto

2002

Texto

Organização social
Associação RNP é qualificada pelo governo federal como uma Organização Social.

Fomento para pesquisa e ensino
Organização Social Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP/OS) firma contrato de gestão com o MCT, para o fomento das atividades de pesquisas tecnológicas em redes de desenvolvimento e à operação de meios e serviços de redes avançadas que beneficiem a pesquisa e o ensino nacionais.

Texto

2005

Texto

Nova RNP
Foi chamada de Nova RNP a iniciativa de melhorar a infraestrutura de redes em níveis nacional, metropolitano e local, ou seja, no campus; atender, com aplicações e serviços inovadores, as demandas de comunidades específicas, como telemedicina, biodiversidade, astronomia etc.; e promover a capacitação de recursos humanos em TIC.

Surge a Rede Ipê
Ano de lançamento da rede Ipê, com enlaces ópticos e tecnologia de comprimentos de onda, operando a múltiplos gigabits por segundo.
Saiba mais sobre a Rede Ipê

Surge a Redecomep
RNP começa a construção de suas próprias redes metropolitanas em fibra óptica, para prover acesso entre cada Ponto de Presença (PoP) e os campi das organizações usuárias na mesma cidade, por meio do Programa Redes Comunitárias de Ensino e Pesquisa (Redecomep).

Saiba mais sobre a Redecomep

Texto

2010

Texto

1º grande salto da Rede Ipê
Início da sexta geração da rede Ipê, com capacidade ampliada em 280%, o que a elevou ao patamar das mais avançadas redes acadêmicas do mundo. O salto foi viabilizado pelo acordo de cooperação com a empresa de telecomunicações Oi e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Texto

2011

Texto

2º grande salto da Rede Ipê
Rede Ipê passa por um grande salto qualitativo, atingindo a capacidade de 213,2 Gb/s, um aumento de 244%.

Texto

2014

Texto

Ampliação da Redecomep
Programa Redecomep amplia sua atuação em quase 40 cidades do país.   

Texto

2016

Texto

Gigatização
Todos os Pontos de Presença (PoPs) da RNP passaram a ser atendidos na capacidade Gb/s. Com isso, celebramos a “gigatização” completa da nossa rede.

Texto

2017

Texto

25 anos
Celebramos 25 anos de nossa história, oferecendo infraestrutura de rede para ensino, pesquisa e inovação.

Texto

2018

Texto

100 Gb/s
Nossa rede Ipê recebe primeiras conexões de alta velocidade, com 100 Gb/s.